top of page
Buscar

Diabetes e Doença Cardiovascular


Doença com prevalência ao redor de 10% entre os brasileiros


O diabetes aumentou em mais de 60% nos últimos 10 anos. Ainda o Ministério da Saúde revela que as mulheres registram mais diagnósticos da doença do que os homens. O Diabetes tipo II, o mais comum, do adulto, não sofre tanta influência genética como o diabetes tipo I, das crianças, e é 3 vezes maior em quem tem menos escolaridades ou acesso à informação.


O diabetes aumenta com a idade. Índices de 1% entre pessoas jovens entre 18 a 24 anos de idade, sobe para mas que 5% entre 35 e 44 anos e chega a 20% entre os 55 e 66 anos de idade.


Os idosos, são os mais acometidos, próximo de 30% da população de 65 anos ou mais. Existem outras condições de saúde que aumentam seu risco, além de idade e sexo feminino, em especial obesidade e sobrepeso.


Ainda diabetes gestacional, histórico familiar de diabetes tipo II, pré-diabetes (pessoas com glicemia entre 100-125mg/dl), sedentarismo, baixos níveis de HDL - do bom colesterol, triglicerídeos elevados, hipertensão e consumo de álcool.


Em médio e longo prazo, o diabetes leva às complicações cardiovasculares como infarto do miocárdio, trombose, cegueira, falência dos rins, amputações e outras.


O check-up cardiológico realizado torna fácil e reconhecimento destas condições de risco e é o meio para que se possa realizar o tratamento adequado dessa enfermidade, aumentando e melhorando consideravelmente a vida destas pessoas.


Dr. Gabriel Costa dos Santos

Cardiologia - CRM 23978

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page